Logo Career Group

Blog

Como tornar o momento da demissão menos traumático?

Imagine chegar ao trabalho e encontrar uma cesta com balões e chocolates na sua mesa, ao lado de um envelope cor-de-rosa com seu nome e um coração desenhado. Mas, ao abrir o presente, em vez de uma promoção ou algo positivo, você se depara com a notícia de sua demissão. Foi exatamente isso que aconteceu com uma funcionária, que considerou essa demissão “humanizada”.

O episódio viralizou aqui no LinkedIn e em outras redes sociais, abrindo uma discussão sobre a real possibilidade de demitir de forma mais empática.

Na contratapartida deste caso, Vitor Hugo ao ser demitido, pode contar com o direcionamento da empresa que trabalhava que ofereceu o apoio de uma consultoria de outplacement, a Career Group além de conceder por três meses o valor referente ao plano de saúde, e através de todo este processo, acaba de assumir a posição de senior business manager em uma startup.

Neste artigo, vou compartilhar alguns insigths sobre como o processo de demissão pode ser menos traumático.

A Importância da Demissão Humanizada

A demissão humanizada coloca o bem-estar do colaborador em primeiro lugar. Ela reconhece que, apesar da necessidade de desligamento, o colaborador merece ser tratado com respeito e dignidade. Empresas como a Career Group têm se destacado ao oferecer serviços que tornam este processo mais humano e menos traumático para todas as partes envolvidas.

Segundo a reportagem da Revista PQGN pessoas que adotam práticas humanizadas em seus processos de demissão conseguem manter uma imagem positiva e garantir que os colaboradores desligados se sintam apoiados durante a transição. A demissão humanizada não é apenas uma tendência, mas uma necessidade em um mercado de trabalho cada vez mais focado em responsabilidade social e bem-estar dos funcionários.

10 Passos para uma demissão humanizada

Inspirado no artigo da Forbes Brasil aqui estão dez passos essenciais para realizar uma demissão verdadeiramente humanizada:

1- Comunicação Clara e Transparente: Explique os motivos da demissão de forma clara e empática, garantindo que o colaborador entenda o contexto.

2- Planejamento Antecipado: Prepare-se para a conversa e escolha um momento apropriado, evitando períodos de alta carga emocional.

3- Ofereça Suporte Emocional: Esteja disponível para ouvir e responder às preocupações do colaborador, oferecendo apoio emocional necessário.

4- Forneça Informações sobre Benefícios: Explique os benefícios e direitos que o colaborador terá após a demissão, como seguro-desemprego e indenizações.

5- Crie um Plano de Transição: Auxilie o colaborador na transição para uma nova oportunidade, oferecendo orientação e recursos.

6 – Ofereça Serviços de Outplacement: Facilite o acesso a programas de Outplacement, como os oferecidos pela Career Group, que ajudam na recolocação profissional.

7- Mantenha a Discrição: Respeite a privacidade do colaborador durante o processo, evitando exposição desnecessária.

8 – Demonstre Apreciação: Reconheça as contribuições do colaborador para a empresa, mostrando gratidão pelo trabalho realizado.

9- Seja Empático: Coloque-se no lugar do colaborador e mostre compreensão e apoio durante todo o processo.

10 – Monitore o Impacto: Avalie continuamente o processo e busque melhorias para garantir que a demissão seja o mais humanizada possível.

Benefícios do Outplacement para Ex-Colaboradores

O Outplacement é um serviço que oferece suporte especializado aos colaboradores desligados, ajudando-os a se recolocarem no mercado de trabalho. Alguns dos principais benefícios incluem:

  • Suporte Emocional: Ajudar o colaborador a lidar com o impacto emocional da demissão, oferecendo aconselhamento e suporte psicológico.
  • Orientação Profissional: Auxiliar na revisão de currículos, preparação para entrevistas e estratégias de busca de emprego, aumentando as chances de recolocação. Além da capacitação em outras opções de carreira: negócio próprio, consultoria, freelancer, mundo acadêmico, conselho de empresas.
  • Rede de Contatos: Facilitar o acesso a uma rede de contatos profissionais que pode acelerar a recolocação, utilizando a vasta rede da Career Group.
  • Requalificação Profissional: Oferecer treinamentos e cursos que capacitem o colaborador para novas oportunidades no mercado de trabalho.

De acordo com o artigo da Career Group um programa de Outplacement bem estruturado não apenas beneficia o colaborador desligado, mas também fortalece a imagem da empresa como um empregador responsável e empático.

“A ideia é acolher os profissionais em um momento delicado, alocando-os em programas que servem como uma sólida preparação e implementação do novo passo de carreira. Os fundadores, Karin Parodi e Fábio Cassettari estimam que já atenderam mais de mil funcionários demitidos por empresas de tecnologia nos últimos meses.

Além disso, empresas que investem em Outplacement conseguem manter um bom relacionamento com ex-colaboradores, que podem se tornar promotores da marca.

Implementar um processo de demissão humanizada e oferecer serviços de Outplacement são práticas que não apenas beneficiam os colaboradores desligados, mas também reforçam a reputação da empresa como um empregador responsável e empático. Ao adotar essas práticas, as empresas podem transformar um momento difícil em uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento tanto para os colaboradores quanto para a própria organização.

Artigo Redigido por Natália Soares, embaixadora do Career Group.

Tags :
demissão humanizada

Compartilhar isso:

Ligue pra gente

Gostou do nosso conteúdo e gostaria de falar com a gente?

Entre em contato conosco através do nosso telefone e email.